sábado, 26 de dezembro de 2015

Novo Ano


Ao nascer um novo ano, tudo ao redor é visto como prenúncio de novos sonhos, tudo é visto como promessa de mudança de vida...!

Quantas vezes você já pensou em mudar? Quantas vezes você já pensou em deixar para trás, amores não correspondidos...?


É, todo mundo passa por isso, mas poucos se determinam a mudar de vida... seria somente acomodação...?! Ou seriam outros os fatores que os impedem de decidirem a dar novas oportunidades a si próprios...?

A vida a dois é muito complicada, às vezes o casal demonstra se amar de verdade, noutras vezes parecem que se odeiam demais...!

Gente! A vida só se vive uma vez... para que dificultar a situação em demasia... porque não ceder em coisas sem nexos e vazias...!

A vida é assim mesmo, a história do amor se confunde com a história da dor... nela você poderá sentir lindas emoções a cada momento de carinho vivido, mas também poderá se sentir completamente amargurado, quando traído...!

É duro amar quem nunca te amou... é duro sentir-se enganado, mas é maravilhoso ser amado...!

O coração escreve histórias de amor... cada página traz histórias comoventes... quando triste faz as lágrimas rolarem, mas quando feliz o coração pulsa aceleradamente...!

Mostrem as suas qualidades... o amor faz de vocês pessoas incomparáveis... acreditem na libertação da mente... vocês são pessoas inteligentes...!

O brilho nos olhos reflete o sentimento da alma... o sorriso aformoseia o rosto, o deixando mais bonito... a alegria leva ao paraíso... e nada é mais belo do que um amor correspondido...!

Quando se é amado o corpo respira sedução... quando se é amado a alma fica enamorada... quando se é amado o amor evolui em emoção... e depois disso não se consegue pensar em mais nada.

sábado, 12 de dezembro de 2015

Viva o verdadeiro natal


Todos os meses de dezembro são as mesmas coisas... o comércio bombardeia com as suas prateleiras cheias de novidades...!

Papai Noel espalhado por todos os cantos e para todos os gostos: altos, magros, gordos, barrigudos, alguns barbudos outros nem tanto, mas é natal...!

Será que o amor demonstrado durante o decorrer do ano não é mais suficiente? Não é o amor o presente mais valorizado...?

Dingolbel é natal. Onde está a política da boa vizinhança... onde está o amor fraternal... está esquecido o real motivo desta festa... ninguém fala mais em Jesus, a razão maior...!

Vamos orar, harmonizar novamente a família... eu aqui, você aí, juntos convocaremos todos os membros, para dizer que nos amamos mutuamente...!

O momento é agora... a família não pode mais esperar, não pode mais estar dispersa... e dos amigos? Devemos encurtar a distância... e quanto aos inimigos? Perdoá-los de verdade...!

Entre nós existe algo maior, ele tem nos atraídos cada vez mais... é o amor divino, onde cada um sabe que do outro lado tem alguém que ora por ele...!

Dingolbel é natal. O círculo de amizade aumenta a cada dia... a Internet traz a nós, pessoas que noutras épocas seriam impossíveis de serem  nossos amigos...!
           
Estabelecemos objetivos comuns dentro de conversas francas... tornamo-nos uma família real e coesa, pois Cristo é o nosso Rei com certeza...!

Somos seus súditos, seus filhos, seus irmãos, amigos e servos... somos um povo reunido sobre a terra, em prol de um novo amanhecer junto a ele...!

Dingolbel é natal. Na web é crescente a corrente do bem... lugar onde se reúne aqueles que de Cristo não esquecem também... como eu e você, ainda bem...!

São tantos a fazerem a diferença que se torna impossível citar alguns para evitar injustiças...!

Homens e mulheres de Deus... servos unidos pelo nome seu... obstinados em fazer a sua vontade... conscientes e sérios... convertidos de verdade.

Portanto, viva eu, viva você, viva o natal...! Mas viva mesmo o nosso querido papai do céu.

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

O artifício da mentira


Se o diabo tem uma paternidade eu posso até acreditar, pois a bíblia afirma ser ele o pai da mentira, mas isso não nos dá o direito de viver nessa mentira. A mentira nunca foi a melhor saída para a resolução dos problemas, até porque, explicá-la sempre dá mais trabalho. Mas porque se tem mentido tanto nos dias atuais? Não é novidade alguma que as pessoas mentem sem a menor cerimônia, existem pessoas que mentem que nem sentem, mas torná-la corriqueira é o que tem me preocupado. Hoje vemos especulação nas bolsas de valores destruindo fortunas que levaram anos para serem construídas, a última campanha para presidência de nossa nação foi um festival de mentiras para a conquista da vaga. Antes as mentiras estavam limitadas as conquistas amorosas e para as justificativas de faltas ao trabalho, pois mentir nesta época era feio. Hoje a mentira é corriqueira, mente-se por tudo, como se justificasse os fins por ela pretendidos. A vida não precisa desse artifício para sobreviver às adversidades que certamente encontrará pela frente e a palavra não precisa ser varrida do rol dos contratos, assim como o aperto de mão. No passado ela era similar à assinatura de contrato junto com o aperto de mão, eles resolviam quase todos os problemas, mas a correria atual não permite mais se acreditar nas palavras das pessoas e nos leva desconfiar até de determinados documentos que assinamos, pois a mentira nem sempre vem sozinha ou desnuda, muita vezes, ela vem acompanhada de falsos contratos para enganar as pessoas de boa fé, aquelas que por serem fiéis nos contratos e na palavra empenhada, quase sempre acredita que o outro goza da mesma credibilidade que a sua. A desonestidade virou palavra de ordem neste terceiro milênio, e está se espalhando com muita rapidez pelos meios eletrônicos com a desculpa da defesa da autoimagem. No mais, eu posso afirmar que as pessoas que falam sempre a verdade estão entrando em extinção, enquanto isso, praticantes da mentira, alguns até profissionais dentro dela, estão proliferando como uma praga mundo afora. Mesmo assim, eu não canso de falar, a verdade ainda é o melhor negócio.