segunda-feira, 17 de maio de 2010

Ser Criança - Poesia

Será que eu posso ser criança
Revendo os valores esquecidos?
Ou ficar treinando a dança
Em frente ao espelho preferido?

Na inocência das palavras
Ou vendo os filmes temidos?
Nas emoções extravasadas
Ou nos castigos contínuos?

Ser criança eu não posso
Mas viajar nas lembranças
Passear naqueles lugares gostosos
Rever os amigos de infância

Sorrir novamente e ter colo
Reencontrando a alma criança
E agradecer a Deus por tudo
Isso com certeza eu posso

Nenhum comentário: