sábado, 3 de julho de 2010

Velho Livro - Poesia


Vi jogado ao chão
Um livro alfarrábio

Ao abri-lo com emoção,
Li seus textos hilários...

Eu não podia admitir
Aquele triste genocídio,

Queriam o livro destruir,
Jogá-lo pelo precipício...

Se ele fosse para o lixo
Mesmo sendo um cartapácio,

Seria grande o desperdício
E olha que eu só li uma parte!

Desse tesouro escondido,
Que guardei a sete chaves.

Nenhum comentário: