sexta-feira, 6 de agosto de 2010

O Que Vem Daí? - Poesia

Quando me beijava declarava amor eterno
Dizia ter carinho respeito e fidelidade
Sorria em meus braços com o semblante terno
Ao me afastar declarava estar com saudade

Ao passar o tempo você mudou o comportamento
Nada mais valia a pena, era tudo, o tanto faz...
Desprezava-me e entristecia-me a todo o momento
Dizia aos outros: Carinho eu não tenho mais!

Quando eu percebi que aos outros se declarava
Veio com a desculpa de que tudo era amizade
Vulgarizava todos os sentimentos às claras
O que vem de você é mentira ou verdade?

A nossa história é de lutas e vitórias
Não pode ser esquecida por van banalidade
Combatemos lado a lado pressões que vieram de fora
Mas você mudou, e agora, é mentira ou verdade?

Se for mentira eu não te quero mais
Assuma a sua responsabilidade
Se for verdade você está junto a mim
Despreze o erro em prol da seriedade.

Nenhum comentário: