terça-feira, 10 de agosto de 2010

Reconciliação - Poesia

Não tenha pressa para mostrar as qualidades
Dentro da natureza nada se faz bruscamente
Fale com delicadeza frente as dificuldades
somos parte dela, por isso haja suavemente

Quando nos precipitamos e agimos sem pensar
As palavras tornam-se piores que o silêncio
Os casos de amor são iguais em qualquer lugar
As dores sentidas nos deixam sem inteligência

Os valores desses sentimentos estão amparados
na intensidade e não no tempo em que ocorrem
Sabemos que todos nós não somos maus amados
E amamos mais do que necessitamos de alguém

Os momentos passados com a pessoa que amamos
Em nossa memória são praticamente inesquecíveis
Seremos felizes, acredito que nos reconciliamos
Pois o amor faz de nós, pessoas incomparáveis.

Nenhum comentário: