domingo, 24 de outubro de 2010

Leviana e Elegante - Poesia

Eu tinha duas mulheres
Uma era leviana, gostosa,
Amante e as vezes irritante...

A outra era elegante
Linda, educada, esposa,
E até na cama era interessante...

Eu vivia numa bigamia
As vezes engraçadinha
Noutras ocasiões extenuante...

Ora, mentia para uma
Ora, mentia para outra
Minha vida era muito louca...

Resolvi então terminar
Acabar de vez com essa Insanidade
Mas, amava cada uma do meu jeito...

o que fazer então, para resolver?
Pensei: Vou morrer e como uma fênix
Em outro lugar, renascer...

Foi o que eu fiz e assim renasci.
Conheci outras duas lindas mulheres.
E a antiga rotina voltou a existir...

Pensei cá comigo...
Esse troço de bigamia é muito confuso
Mas é muito bom... É minha a sina!

Nenhum comentário: