terça-feira, 12 de outubro de 2010

Eu lhe Proponho - Soneto

Imagine o azul do céu,
As águas verdes do mar,
Tudo deixado bem ao léu,
No brilho do sol para amar.

Dois corpos totalmente nus,
Vendo pássaros a voar.
Ao findar o sol, sua luz!
Deu lugar ao lindo luar.

Era nossa presença viva
Cenas realizadas em sonho,
De uma noite bem dormida.

Não vejo nada de bisonho,
Nós dois realizarmos nessa vida
Esses momentos... Eu lhe proponho.

Nenhum comentário: