segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Estranha Sensação - Poesia

Quando o coração apertou
E bateu descontroladamente,
Uma estranha sensação aflorou,
Pensei logo em você!
Mas como a boca secou,
Fiquei sem saber o que fazer.
A lágrima no meu rosto rolou...
Não sei, acho que perdi o meu amor.

Nenhum comentário: