terça-feira, 23 de novembro de 2010

Indecisão - Soneto

Eu sei que te amo
Às vezes amo de mais
Outras vezes de menos
Mais você sempre me atrai

No caminhar de nossas vidas
Fica tudo o mais ou menos
Se não tomarmos cuidado
O nosso amor é só lamento

Consultei o meu coração
Para saber o que achava
Do motivo para tanta indecisão

Ele me deu como resposta
Todas as suas ingratidões
E por isso ele fechava a porta

Nenhum comentário: