terça-feira, 11 de janeiro de 2011

O Tempo Não Para - Poesia

O tempo passa quase que imperceptível,
Tudo muda assim como a posição dos ventos,
Os amores já não são mais os mesmos,
As prioridades mudam e a inocência vai embora.

O que fazer para continuar criança?
Eu sei, nada, a vida não deixa.
Os problemas se acumulam e a saudade bate forte,
O tempo passa e ficamos cada vez mais sozinho...

Trocamos constantemente de trabalho,
Mudamos de casa, casamos e os filhos vem.
O tempo não para, passa na velocidade da luz
Estamos envelhecendo...

Os amigos espalhados por aí,
Alguns para nunca mais.
Só restaram as fotos amareladas
Ou as histórias contadas.

A vida é assim, deve-se vencer todos os dias.
Matar um leão de cada vez.
Sabemos que ninguém sairá vivo dessa história,
Mas enquanto vivo desistir jamais, até a vitória final.

Nenhum comentário: