terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Os Poemas - Poesia

Os poemas são como os pássaros
Que pousam na janela ao amanhecer
E começam a cantar

Como as flores na primavera
Que exalam os seus cheiros deliciosos
E enfeitam os jardins mundo afora

Como o galo que canta as quatro da manhã
Anunciando a chegada da aurora
Para o pobre trabalhador

Os poemas são como o amor
Que toca no fundo do coração
Dá emoção e provoca sempre a mesma dor

Como uma nuvem de testemunha
Em favor de um inocente preso
Injustiçado pelo sistema

Como a estrada de barro no interior
Totalmente arborizada em suas margens
Trazendo inspirações líricas ao andarilho solitário

O poema é uma composição transcendental
Que vai muito além da vida
Transpassa a morte e tem origem divinal.

Nenhum comentário: