sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Alma Penada - Soneto

Alma penada que em vão vagueia
Não acha o caminho a seguir
Os homens não sabem orientá-las
Segundo alguns entendidos por aí

Prefiro orientar as almas viventes
Emanadas pela luz da compreensão
Através das palavras inteligentes
Ditas por Jesus com coração

Numa mescla de pureza e curiosidade
O povo sobre Deus quer sempre ouvir
Sem fazer diferença de crença e cidade

O cenário nacional está atraente
Pregadores para todos os gostos
Então, fale de Jesus para essa gente

Nenhum comentário: