segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Bondoso Burguês - Poesia

TAUTOGRAMA Letra “B”

Bom, bonito, bem barato.
Bacana bondoso burguês
Boníssimo, banquetear bárbaro!
Bonachão? Boa beneficência.

Beneficiou bastante bruto
Bonomia bem burguesa
Boquiaberto bobos bizarros
Benevolência bem beleza

Bruto bronco bisbilhoteiro
Blasfemou bestial bobagem
Beirando bobo bombardeio
Braba bofetada, bordoeira.

Um senhor burguês mostrava toda a sua bondade aos pobres, Mas uma pessoa inconsequente quis desfazer de sua ajuda, resultado: Levou uma surra.

Um comentário:

Universo Paralelo disse...

Estou encantada com seu blog, parabéns amigo poeta, tudo muito lindo e especialmente preparado com muito carinho, te admiro muito,beijos