sábado, 12 de fevereiro de 2011

Alma Insana - Poesia

Vida sem amor torna-se fria
Vive numa realidade gelada
Alma cansada nesta correria
Debruça nos desenganos que enfadam

Iludida e sem esperança
Rasteja sem pestanejar
Não se vê como alma insana
Pensa saber tudo e que pode se virar

Incrédula no quesito amor
Não se permite ser feliz
Esquece que o coração é só dor
Por mais que tente ser até meretriz

A vida é para ser vivida com consciência
E a regra é se permitir amar alguém
Ser amado também traz excelência
Desilusão é que não faz bem a ninguém

Nenhum comentário: