sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Quimera - Soneto

Aí amigo quem me dera
Ter tudo o que sonhei
Naveguei nessa quimera
Às vezes até me atrapalhei

Como é bom ter sonhos
Viajar na maionese
Todos têm eu suponho
Vontades e interesses

Sonhar faz bem a saúde
Eleva em alguns quesitos
Desta vida de inquietude

Quem não sonha sempre perde
O grande prazer de viver
Já sonhar eleva a vida e enaltece

Nenhum comentário: