sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Vem - Poesia

Vem e senta aqui ao meu lado
Sinta as minhas carícias
Num instante eu te avassalado

Vem e deixa eu te invadir
Você vai gemer e sussurrar
E não vai mais querer sair daqui

Vem, eu vou te encher de carícias
Sei que está sedenta por amor
Farei sentir muitas alegrias

Vem com o seu corpo suado
Os seus olhos estão brilhando
No amanhecer sairemos fartos

Nenhum comentário: