domingo, 20 de março de 2011

Sem Covardia - Rondel

Na fragrância do seu amor
Sinto um cheiro que invade
Desejo falar do meu pavor
Por ter sido um covarde

Amo-te em qualquer idade
Você não merece ter labor
Na fragrância do seu amor
Sinto um cheiro que invade

Volto mesmo sendo o que for
Falo de você minha saudade
Sem covardia e com muita dor
Peço perdão da sua bondade
Na fragrância do seu amor

2 comentários:

Ases poéticos disse...

"nA FRAGRÂNCIA DO SEU AMOR!" Perfeito!!!! Mui digno de ser celebrado!

Beth Ferreira

monsoresprado disse...

maravilhosa, parabéns...que Deus o abençoe sempre e a sua inspiração.