segunda-feira, 18 de abril de 2011

Dia do Índio - Poesia

Terra nativa que alimenta os seus povos
Vermelhos de nascença, adoravam os seus ancestrais
Construíram suas culturas sem os seus opostos
Nunca quiseram o progresso, preferiam a paz...

Um continente rico e tão abençoado
Cheio de magia e flor de amor
Os índios eram os seres viventes deste lado
Do planeta que tinha um outro lado colonizador!

Ao chegar, os homens brancos destruidores!
Tentou a esse povo acorrentar
Como não conseguiram deles serem possuidores
Buscaram então, a eles exterminar...

Todos os dias lhes pertenciam,
Hoje o que lhes restam é o dezenove de abril
E da grandeza de suas terras só ficaram,
As áreas demarcadas deste país varonil.

2 comentários:

* Verinha * disse...

Que forma mais linda de homenagear com essa belíssima poesia!

Beijocas em seu coração Djalma!

Verinha

SIMONE PRADO disse...

Que linda sua homenagem, nos sentimos envergonhados da realidade desse povo, antes livre, agora encurralados numa pequena área. Lindo dizer. Parabéns