quarta-feira, 13 de abril de 2011

Lembrança - Poesia

Quando eu cheguei,
Percebi logo o seu olhar...
Ocupar rapidamente eu busquei,
Um espaço livre no seu coração.

Dominei todo o seu pensar,
Aí, as fantasias fluíram...
E você que só queria imaginar,
Ter-me ao seu lado com ternura...

Não precisou nada falar,
Só peguei em suas mãos,
E sem muito pensar fomos para cama,
Nos entregamos à emoção...

A noite foi bem longa,
E deixou bastante saudade...
Hoje está em minhas lembranças,
Amei a sua sensibilidade.

Um comentário:

ILIKE CHOPIN disse...

Muito interessante , gostaria de saber conduzir bem as palvras numa poesia com rimas...