domingo, 1 de maio de 2011

Enamorado - Soneto

Estou enamorado por alguém
Na cegueira da minha paixão
Faço tudo o que quer também
Sem ter qualquer preocupação

Na certeza de ser correspondido
Busco um amor de excelência
As vezes me sinto confundido
Por me sentir feliz, sem carência!

Entre a louca paixão e o amor
Prefiro ficar com a solidez
Para ter essa certeza com louvor

O tempo é o senhor da razão
Entre nós tudo é muito rápido
Mas não quero viver na ilusão

Nenhum comentário: