domingo, 10 de julho de 2011

Os Sonhos - Sonetos

Os sonhos que regam os puros corações,
Mexem com a emoção da alma adormecida.
Ressurge dentro do ser novas emoções,
De alguém que estava na vida esquecida.

A esperança de poder novamente recomeçar,
É renovada com as novidades que fascinam.
Ver cada pequeno instante se transformar,
Muda tudo de mansinho, de graça contaminam.

Nada importa se tiver de fato algum valor
Os sonhos não podem ser levianos e utópicos
Eles sempre engrandecem o verdadeiro amor

Nada pode ter como pretexto um lance infeliz
Elimine tudo que pode maltratar o seu corpo
Se determine e nunca desista de ser feliz!

Nenhum comentário: