sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Desenrolo - Poesia

Em busca da alma gêmea perdida...
Vida louca, correria desenfreada!
Disputas por um lugar ao sol,
Onde o romantismo é ignorado,
Por vans necessidades em prol,
De sucessos cheios de incertezas,
Que muitas vezes geraram lutas inglórias!
E no findar dessa liça, já sem forças...
Percebe que jogou a vida fora,
Nada valeu a pena!
E no olhar para trás, viu caminhos tortuosos...
Sem esperança de um final feliz.
Restou lamentar a certeza da iminente morte,
Sem possibilidade de voltar atrás,
Para consertar o que se estragou,
Na busca de um sucesso incoerente.
Que o levou a desprezar um amor,
Sentimento que envolve dois corações,
A princípios distraídos com essa vida,
Mas houve o toque de surpresa e emoção, ainda bem!
Uniu-se a um amor antes que tudo se finda.

Nenhum comentário: