quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Mulher Pequena - Poesia

Buscando um amor de verdade,
Deparei-me com uma mulher pequena.
Nos seus lindos cabelos castanhos,
Vi que ali valeria a pena.

Enquanto todos queriam o mar,
Nesta linda cidade oceânica.
Eu só pensava ela amar,
Pois preenchia as minhas entranhas.

Linda mulher que me faz feliz,
O tempo passou e contigo eu me firmei,
Hoje vejo o resultado da nossa diretriz
E juntos cantamos alegremente.

Enquanto o homem insiste em reinventar a roda,
Algo mais do que reinventado,
Eu quero lhe amar a toda hora
E não me arrependo do que contigo faço.

Busco em suas curvas me deliciar.
A nossas mãos juntas nos constroem...
Cada vez é com mais qualidade esse amar,
Minha doce mulher pequena.

2 comentários:

* Verinha * disse...

Chegando de mansinho aqui em seu cantinho para me maravilhar com suas escritas :)

Beijokinhas super em seu coração Djalma!


Verinha

LUZ disse...

Olá Djalma,

Em Portugal se diz: A mulher se quer pequenina como a sardinha, porque a sardinha pequenina é a mais gostosa.
Viva esse amor com sua mulher pequena, de forma intensa.
Postei, hoje. Apareça. Obrigada.

Abraços de luz.