quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Amor Bandido - Poesia

Nesta nossa aventura perigosa,
Entre seduções e caprichos...
Não dei conta de que forma deliciosa,
Caí num alçapão feito um passarinho.

Você é uma mulher encantadora
E nada passa em brancas nuvens...
Além de ser pessoalmente sedutora,
o meu amor em ti se confunde.

Nosso envolvimento é uma armadilha,
Falsas promessas que sustentam ilusões.
Quando acordei vi que ainda era dia.
Então, há tempo de voltar à razão!

Nossos momentos jamais serão esquecidos,
Mas sabemos que o nosso amor é bandido.
A única coisa sensata que eu posso fazer,
É deixá-la para não viver iludido.

Nenhum comentário: