domingo, 13 de novembro de 2011

Verão Abrasador - Poesia

Com a chegada de novo do verão,
O meu peito fica ainda mais sufocado.
Na loucura de uma ardente paixão,
Que me provoca grande falta de ar.

Fico ansioso para tornar a vê-la,
Eu a amo com intensidade.
Mas quero ver se sentiu a falta,
Deste verão abrasador em afetividade.

Tivemos um caso de amor bem complicado.
Nos apaixonamos, mas somos comprometidos.
A distância impôs uma ausência prolongada,
Mas não rompemos com os nossos compromissos.

Eu sei que temos vontades parecidas
E com todo ardor queremos viver,
Essa forte paixão pra lá de desmedida,
Trocando carícias alucinantes de desejos...

2 comentários:

Isis Dumont disse...

Encantadores, avassaladores os teus lindos versos!!!!!!! E quem é que não sente falta de alguém vivendo uma loucura de paixão com essa intensidade???? kkkkkkkk!!!
Parabéns por tanto amor e paixão! Um grande abraço!

LUZ disse...

Oi Djalma,

A paixão é o amor em ebulição.
Não há rotina, mentira, acomodação, tudo é mesmo paixão.

BEIJOS DE LUZ.