sexta-feira, 25 de março de 2011

Pai e Mãe - Rondel















Vocês são peças fundamentais
Na vida de cada dependente
Para sempre serão referenciais
Eles os querem eternamente

Para quem vive decentemente
Essas vidas são sensacionais
Vocês são peças fundamentais
Na vida de cada dependente

Tem aparências e não são iguais
Buscam relação com nosso Deus
Bom é o amor das mães e pais
Depositados sobre os filhos seus
Vocês são peças fundamentais

O Inocente e o Cárcere - Rondel

No canto do lugar frio e sombrio
Preso no cárcere injustamente
Ele vê nascer uma rosa no limo
Chora sem a mãe ver o inocente

Vê na rosa esperança o descrente
Com as orações do povo ungido
No canto do lugar frio e sombrio
Preso no cárcere injustamente.

Renasce a vida no corpo sem brio
Mortificado antes pelo sofrimento
Agora é calor no antigo corpo frio
Alma alegre que vivente sem lamento
No canto do lugar frio e sombrio

Triste Milharal - Rondel

Ao caminhar uma milha
Encontrei o meu amor
Dentro do milharal filha
Sofri decepção e furor

Contei um milheiro com pudor
Não acreditava no que via
Ao caminhar uma milha
Encontrei o meu amor

Ela era a minha vida
Bela como uma flor
Fruto de minha alegria
Na sua morte sofri a dor
Ao caminhar uma milha

terça-feira, 22 de março de 2011

Amor Cativante - Rondel

Meu coração em ti é prisioneiro
Oh, dona desse amor cativante
Eu sei que fiquei preso primeiro
Mas no início achei irrelevante

Você é uma mulher elegante
Subestimei todo o seu poderio
Meu coração em ti é prisioneiro
Oh, dona desse amor cativante

Como o sambista ama o pandeiro
Amo-te mesmo sem ter liberdade
Nosso amor sempre foi verdadeiro
Como nas entranhas da felicidade
Meu coração em ti é prisioneiro

Nova Chance - Rondel

Preciso de uma nova chance
Já não tenho mais como sonhar
Nada mais será como antes
Pode meu amor enfim, acreditar.

Para sempre eu vou te amar
Quero reatar esse romance
Preciso de uma nova chance
Já não tenho mais como sonhar

Liga-se nesse nosso lance
Desfruta de minha companhia
Impregne-me com o seu perfume
Odeio viver a noite vazia
Preciso de uma nova chance

Medo - Rondel

O meu medo de arriscar
Levou-me ao sofrimento
Não sei onde isso vai dar
Mas eu pelo menos tento

Depois viverá só de lamento
Por você não se aventurar
O meu medo de arriscar
Levou-me ao sofrimento

Arriscando até seu findar
O corajoso é como vento
Entrega-se sempre a lutar
Nas adversidades enfrento
O meu medo de arriscar

domingo, 20 de março de 2011

Água - Rondel

Água grande fonte da vida
Às vezes é doce ou salgada
Fruto da chuva repentina
Também mineral e oxigenada

Lugar onde se faz aguada
Abastecimento de todo dia
Água grande fonte da vida
Às vezes é doce ou salgada

Jesus é chamado água viva
Tem de coco e de cheiro, água.
Vejo na cor berilo água-marinha
Oh aguadeiro distribua água
Ela é a grande fonte da vida

Essência - Rondel

Na essência da vida
Pulsa o suave coração
Ao ritmo de cada batida
Sinto enorme emoção

Apego-me só a ilusão
Em minha vinda e ida
Na essência da vida
Pulsa o suave coração

Guardo a imagem do dia
Na presença da paixão
A alegria é ordem viva
Estou cheio de emoção
Na essência da vida

Sem Covardia - Rondel

Na fragrância do seu amor
Sinto um cheiro que invade
Desejo falar do meu pavor
Por ter sido um covarde

Amo-te em qualquer idade
Você não merece ter labor
Na fragrância do seu amor
Sinto um cheiro que invade

Volto mesmo sendo o que for
Falo de você minha saudade
Sem covardia e com muita dor
Peço perdão da sua bondade
Na fragrância do seu amor

Flor de Primavera - Rondel

Seu cheiro suave de amor
Flor delicada de primavera
Tem pacto com o Criador
Representa bem a jardineira

Contemplo a flor que era
E crio sempre o meu louvor
Seu cheiro suave de amor
Flor delicada de primavera

Seja no frio ou no calor
Não largo o jardim que era
A minha inspiração, oh flor.
Que aroma de jasmim me dera
Seu cheiro suave de amor

quinta-feira, 17 de março de 2011

Alma Frágil - Indriso

A minha alma está frágil,
Resultado das tristezas colecionadas,
Por causa de um amor inviável.

Meus sonhos foram todos desfeitos,
Desde a entrega do meu coração,
A pessoa errada e sem escrúpulos...

Dizem que o céu é o limite,

Mas eu vejo as profundezas do inferno.

Teu Sentimento - Indriso

Ao lhe ver sorrir me encanto
Quando está triste enlouqueço
Quero vê-la sem nenhum pranto

Na pureza do teu sentimento
Irradias a mim felicidades
Por favor, não viva só lamento.

Você é a flor preferida

Razão da minha vida.

Exílio da Paixão - Indriso

No início eram flores,
Momentos pra lá de bons,
Nossos beijos tão doces...

Mas passou e tudo mudou,
Dormi na sombra indolente,
Você se foi, me abandonou...

Hoje amargo minha tristeza,

No exílio da paixão, me veja!

Final do Tempo - Indriso

Nos sonhos está deslumbrada,
Viaja no universo da utopia,
Como uma velha encalhada...

O tempo passa sem ela ver,
Masca forte o fumo de rolo,
Fim da existência de um viver...

O Céu lhe chama sem pestanejar,

O seu tempo está por se findar.

Cultura - Indriso

A cultura é uma conquista...
Faz da necessidade, liberdade.
É um bem de atividade criativa...

Combate a ignorância da nação,
Projeta o país internacionalmente,
E preenche todos os corações...

É um bem que ninguém pode roubar,

Mas o povo é que tem que buscar...

Gentileza Plena - Indriso

Nunca é tarde para ser gentil.
Como você adoraria ser tratado,
Trate a todos em qualquer tempo, viu...

Num pequeno gesto de gentileza,
Você mostra como é interiormente,
E todos te acharam uma beleza...

Gentileza gera delicadeza,

E um coração cheio de destreza...

Meu Paraíso - Indriso

Tua luz é o meu paraíso,
Sem escuridão e trevas.
Virginal o seu sorriso...

Motivos de minha espera,
Num sonho de ternura.
Como a linda aquarela...

Cheia de vida e formosa,

Numa plácida quimera.

Dúvidas - Indriso

A concha no mar vive a vagar,
O homem triste a caminhar,
Olho pro céu e vejo aves a voar...

A donzela não sabe o que pensar,
E o sujeito desconfiado quer cismar,
Como o surfista corta a ondas no mar...

Nada por aqui é inerte e quer parar,

Mas Jesus veio ao mundo para nos salvar.

Relação Afetiva - Indriso

O afeto é algo divino,
É puro como a lágrima,
E nunca um desperdício.

Sua ausência é melancolia
Feito com consciência é amor
Ele é a mais pura alegria

O amor é um poderoso afeto,

Já o ódio um grande retrocesso.

Despedida - Indriso

Na tristeza da despedida
Existe sempre a dor do amor
Pela incerteza da volta querida...

A despedida é como a morte
Separação em meio às lágrimas
Conflito cada vez mais forte...

Quando vai embora a parte adorada,

Deixa o coração viver na saudade...

segunda-feira, 14 de março de 2011

Mulher Maravilhosa - Poesia

TAUTOGRAMA Letra “M”

Mulher mesmo maravilhosa...
Modesta, mansa, maternal.
Mãe muito mais majestosa,
Magnífica musa minha.

Menestrel melodiosamente,
Mantinha merecida memória.
Manifesto muito mensurado..
Motivo maior, melhor mercado.

Mera menina, moça mulher.
Moldurada modestamente,
Maquiava momentos mixos,
Mistério melhor? Milagre!

Mas mulher mandona,
Mexeriqueira, maquiavélica.
Maternidade meticulosa,
Mantém mingua milha.

Iniciei falando da figura da boa mãe e terminei citando uma mulher desprezível que não merece a maternidade.

Lábios Latentes - Poesia

TAUTOGRAMA Letra “L”

Lábios latentes libidinosos,
Lembranças longe lindas.
Legítimos libertadores, logo.
Levam lugares lascívia.

Linear limpa lisonja,
Locadora leve levita,
Límpida língua ligeira,
Lição legal liberalista.

Linfático libera lembrete,
Locução loucamente leviana,
Lunático lesou lábios latentes,
Listando lorotas luciferanas.

Essa poesia fala de uma boca bem gostosa e elogiada, que depois foi caluniada por algum tipo de inveja do seu desempenho ou por não tê-lo.

Justo Jesuíta - Poesia

TAUTOGRAMA Letra “J”

Judá jurou jamais jogar
Judeu, justo jesuíta.
Jubiloso jovem justificou,
Jornada jóia justiça.
Jesus justa junção,
Juventude já jubilosa,
Jogatina jamais jurisdição,
Juramento junquilho jurídico.

Trata-se de uma pessoa com princípios religiosos, que se recusa a viver de jogatina.

Melhor Ação - Poesia

No grande aprendizado da vida
A melhor ação é dar o exemplo
Não adianta ficar a ensinar ainda
E não viver o que anda dizendo

As crianças mesmo quando puras
Assistem tudo a sua volta, atentas.
Apontam o dedo e balançam as cabeças
Nos deslizes das pessoas adultas

Exemplos valem mais que palavras
Envolvem o ser humano nas ações
Demonstram querer muito acertar
Para moldarem os novos corações.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Você - Poesia

Seu olhar me acalenta
Seu jeito é sensual
Seu sorriso me encanta
Seu beijo me satisfaz
Sua elegância é da hora
Seu charme é magistral
Sua voz é serena e meiga
Seu cabelo é sensacional
Seu andar é majestoso
Sua lágrima eu vou enxugar
Se some eu fico furioso
Saudades suas me fazem chorar
Você é o meu lindo amor
A mais bela paixão
Adoro tê-la perto de mim
E dentro do meu coração.

Lembro-me Bem - Poesia

Lembro-me de cada detalhe
Não deixo passar nada em branco
Vivo feliz e sem entrave
Porque nunca houve engano

Minha vida é sem atrapalho
Conheço os meus sentimentos
Não me permito ser enxovalhado
Nos meus propósitos há contentamento

Utopia não faz parte do meu ser
Asas eu dou a sonhos possíveis
Mas lembro-me bem de você
Nosso amor é dos impossíveis

O amor nos eleva em emoção
Deixa-nos terno e com doçura
Mas se proibido dói no coração
Esquece tudo que a vida é dura

Como é Bom - Poesia

Como é bom ver a natureza viva
A nos apresentar a sua leveza
Como é bom ver a mulher linda
Cheia de elegância e beleza

Como é bom ver a criança
Na sua inocência a brincar
Como é bom se ver noutra vida
Querendo a vitória conquistar

Como é bom sentir Deus tocar
Quando está triste o coração
Como é bom poder alguém amar
Numa única e sincera emoção

Como é bom envelhecer em paz
Vendo os seus filhos ao redor
Como é bom saber que é amado
Por todos, do menor ao maior.

Pensei no Impossível - Poesia

Queria com meus versos te levar ao paraíso
Recitar alegremente tudo o que sinto

Depois do seu desprezo fiquei meio perdido
Não sabia o que fazer, pensei no impossível.

Firmar com o nosso sangue um pacto divino
E sobre a mistura um compromisso indissolúvel

Escrito de vermelho ficaria tudo lindo
Seriamos um somente neste mundo infinito.

Mas você se recusou, deixando-me muito triste.
Agora revoltado, eu não quero mais te ver.

Tudo na vida passa e você também passará
Um dia eu sei que voltará, mas não vou lhe aceitar!

Sonho Triste - Poesia

Ao fechar os olhos eu nos vi felizes
Unidos a passearmos grudados pela praça
Ao abri-lo era apenas um sonho triste
De alguém que está só a perambular pela casa

Como seria maravilhoso estar junto
No mesmo espaço com nossas almas misturadas
Deixando de ser dois para sermos apenas um
Aqueceria-me no frio com os seus afagos

Fico numa apreensão só de imaginar
Nossos corpos colados nus em conchinha
Ouvindo músicas românticas no nosso lar
Encho-me de ilusões na minha cama fria

Sinto ser impossível essa realização
Na malícia dessa sua vida corrida
Palavras ditas que só causam confusão
No final será fruto de promessa perdida.

Onipresença - Poesia

O tempo passou mas deixou,
A lembrança de um sorriso.
Na tristeza que se instalou,
Lembrei-me de um carinho.
Nas lágrimas que rolaram,
O conforto de alguns abraços...
Nos momentos de crises,
Sempre uma palavra amiga.
Na mais completa solidão,
Senti a sua presença.
Mesmo só e calado,
Ouvia a sua voz.
Ao praticar algo ruim,
Percebia o seu olhar triste.
Nos meus maus pensamentos,
Um toque no meu íntimo dizia, não!
Mesmo antes de lhe conhecer,
Sabia que andavas comigo.
Em cada amanhecer,
Sempre me fortalecia.
Percebia minhas qualidades,
E abonava os meus defeitos.
Chamou-me a sua presença,
Eu fui cheio de alegria.
Hoje eu vejo tudo como um filme,
E sei que sempre esteve aqui.
A sua onipresença foi fundamental,
Enviou-me amigos circunstanciais,
E nunca me deixou sozinho.
Seus anjos sempre me rodeavam,
E só queria ouvir de mim uma frase:
Eis me aqui Senhor, faça em mim a sua vontade.

terça-feira, 8 de março de 2011

Amo Demais - Indriso

Meu amor eu te amo demais,
Mesmo quando nas intrigas,
Estar ao seu lado me apraz...

Sentimento pra lá de bom,
No vai e vem dessa vida,
Onde ditamos o nosso tom...

Nos momentos ternos e meigos,

Eu vivo sempre ao lado seu.

Sensibilidade - Indriso

A sensibilidade é maravilhosa,
Em sua essência não há vulgaridade.
Parece até ter em si a cor da rosa...

O equilíbrio é um ramo da sensibilidade.
Justiça também é um dos seus atributos,
Ela é nobre e cheia de generosidade...

Deixa ela te buscar em meio à expressão,

E tornar-se-á um gênio por obra da educação.

Meu Vício - Indriso

Você é o meu maior vício,
Limita as minhas virtudes.
E como custa caro esse vício...

Sem o seu vício eu fico leve,
Com ele eu vivo mais motivado,
Mas as vezes cheio de estresse.

Os vícios de amor são nocivos,

Somente quando não correspondidos...

Boa vontade - Indriso

Onde se instala o domínio do poder
A boa vontade do nobre coração
Encontra dificuldades de algo fazer

Ela se confessa vencida pela razão
Mas no fundo há vontade de aprender
Pois os caprichos nascem da imposição

Onde existe amor, não há fome de poder.

Onde domina o poder existe a falta do amor.

Promessas Seduzem - Indriso

Quem promete muito cumpre bem pouco,
Destroem a confiança antes existente.
Com promessas de quem vai até ficar rico...

As promessas que seduzem as pobres moças,
São conspirações de homens inconsequentes,
Que ao envelhecerem perdem as suas forças...

Quando nossas promessas não são cumpridas,

Somos colocados entre os mentirosos...

sábado, 5 de março de 2011

Ímpeto Infeliz - Poesia

TAUTOGRAMA Letra “I”

Impossível imaginar indelicadeza
Imponderável ímpeto infeliz
Indiscutível ineficaz indefesa
Indiscriminada irritou-se

Indispensável intervenção
Inibiu inconcebível insulto
Impôs irreal intromissão
Incrível irado irresoluto

Injustiçada imuniza indolente
Incrédulo inebria invariável
Introvertido interrompe instante
Inegável indiscrição inviável

Infrator inexplicavelmente
Insiste intento inglório
Incapaz inútil ignorante
Inumano intruso insólito.

Esse texto trata de um sujeito desequilibrado que ofende uma senhora desnecessariamente e mesmo sendo repreendido e desculpado insiste em cometer os seus erros.

Hostil Halterofilista - Poesia

TAUTOGRAMA Letra “H”

Horrendo hostil halterofilista
Hospedeiro horrível hispânico
Horripilantes horas homicidas
Hipócrita homiziava horrores

Houve harmônica hipótese
Heroísmo histórico haveria
Homenzinho hígido humilde
Habilidoso Húngaro helenista

Helena hoje homenageia
Homem heróico habitual
Hegemonia hora havia
Herói humilhou homenzarrão

Essa poesia fala a respeito de um homem grande e forte que praticava vários crimes e para contê-lo foi escolhido um pequeno homem, franzino, mas corajoso. Ele não se intimidou e venceu, humilhando o gigante a exemplo da vitória de Davi sobre Golias.

Garoto Gazeteava - Poesia

TAUTOGRAMA Letra “G”

Garoto gazeteava geralmente
Guri gaudério gatunador
Galopava gingando gostosamente
Gaiato garanchudo gozador

Gostava garantir gatinha
Gentilmente guapo galanteador
Grácil grampeava gamadinha
Grato, grudento gracejador.

Grande, gravava grave gravura.
Gueto Gradeado gozava grandeza.
Grafologia graçola germinara
Grana graúda geral gentileza.

Esse texto fala de um garoto que além de bater gazeta na escola, praticava pequenos furtos. Era também bastante namorador. Depois fez história à margem da lei, sendo um exemplo negativo para as crianças da favela em que morava.

Luta Interior - Poesia

Nada é tão fácil de ser terminado
Por mais que se tente virar a página
Arrancá-lo do íntimo está descartado
O esquecido arquivo agora se apresenta

São partes da vida, sonhos frustrados!
Sensatez adquirida para ir adiante
Brevemente esquecida, deixada de lado!
Precisam renascer dando vida na fonte

Início de tudo, de um projeto futuro!
Onde alicerça e inspira toda lição
Depara na vida com vários casmurros
Que atrapalham os sonhos, sem corações!

Luta e reluta com si mesmo no escuro
Busca saída, solução para tudo!
Não consegue nem de lampejo ver o obscuro
Está preso a essa vida mesmo sem perceber.

Bons Momentos - Poesia

Vida que nos reserva bons momentos
Leva-nos a sorrir e sonhar
São únicos como o sentir do vento
Tocando ao rosto para refrescar

Eles trazem a felicidade e o amor
Mostra-nos como somos para sempre amados
Ignoram os defeitos do cotidiano
Permissividade para agir determinado

A capacidade de se alegrar novamente
É a mensagem de uma ordem saudável
A nós que somos fracos e carentes
Atendemos com urgência ao lance amável

Ao extremo, dependemos uns dos outros!
Todo ser precisa de atenção
Tristeza traz perdas irreversíveis
Mais um rosto alegre enobrece o coração.

sexta-feira, 4 de março de 2011

A Vida - Poesia

Dizem que vale o quanto pesa
Dizem que vale pelo que se tem
A vida não é somente essa
Interpretação que alguns detém.

Sua leveza não levam em conta
O seu peso não é pelo que sabe
Seu sentimento amoroso encanta
Indiferentes são os que nada fazem.

Nesta falta de entendimento sufocamos
A vida no interior sem nenhuma emoção
Fala-se que vale pelo o que somos
Falta de sensibilidade endurece o coração.

Viva com plenitude a sua existência
Problemas todos sempre terão por aqui
O Deus que nos deu a vida tem coerência
Onipresente, está ao mesmo tempo lá e ali.

Um sorriso espanta o mau humor
Cativa aos que querem ser amigos
A vida feliz contagia todos ao redor
E nos leva um dia ao infinito.

Confissão - Poesia

Hoje eu pensei em confessar
Mas não houve necessidade
Minha culpa já estava no ar
Nos meus escritos sem maldade

Neles todos viram as claras
Como declamo o amor e a paixão
Seja em prosa ou em poesias
Tudo o que escrevo sai do coração

Sorriam amantes do amor
Agora estou livre a sonhar
Fui inocentado com louvor
Mesmo sem confissão posso recitar

Sorriam amantes da verdade
O poeta é sensível no pensar
Suas criações expressam liberdade
E sem confissão continua a versar.

Mesmo Só - Poesia

Mesmo quando estiver só, alegre-se!
Eu sei que a vida é cheia de tensões...
Mas não fique triste, não se desespere!
Há momentos recheados de emoções...

Veja os astros como se comportam,
Cada um no seu lugar somente.
A lua com os seus ciclos lunares,
Quanto ao sol, cada dia mais quente!

As estrelas são as exceções,
Formam grandes grupos celestes.
Na vida existem suas conjunções,
Mas quando só, nunca se entregue!

No transcorrer da nossa caminhada,
Nem tudo são flores e pétalas de rosas...
Mas antes que chegue o final da estrada,
Receberemos a alegria em porção dobrada.

Envolvimento - Poesia

O amor que nos envolve com outro ser
Faz-nos sonhar com príncipes e princesas
Mas esse mesmo amor não veio nos dizer
Que teremos várias decepções e tristezas

A vida não é construída por seres perfeitos
Em nossos devaneios sofreremos os reveses
Nós sabemos que também temos defeitos
E fazemos sofrer aqueles que nos querem

É claro que existe o outro lado da moeda
É fato achar perdido no mundo o par perfeito
Só não pense que tudo será eterna aquarela
Fomos construídos a semelhança, mas imperfeitos!

Encare a vida como ela é, sem invenções!
Seja sempre uma pessoa sincera e real
Qualidades não maltratam o apaixonado coração
Quanto à atitude desnecessária, essa faz mal!

Exalte sempre a qualidade de quem te ama
O amor é lindo quando nos transforma
Ignore os seus defeitos até na cama
Cuide bem daquele que escolheu, agora!

Pulsa o Coração - Poesia

Diante de ti pulsa o meu coração
Sinto enorme bem estar e alegria
Vivemos juntos momentos de emoção
Penso no íntimo que não viveria

Penso no íntimo que não viveria
Momentos de emoção sem você
Tudo a nossa volta é só magia
Não quero mais na vida te perder

Não quero mais na vida te perder
Você ilumina sempre a minha alma
Virou agora a razão do meu viver
Nunca me abandone, me dê sua calma.

quinta-feira, 3 de março de 2011

Rara Beleza - Poesia

Mulher é criação de rara beleza
Aquele que conheceu somente uma
sabe muito mais de sua essência
Do que aqueles que tiveram várias.

De dentro dela saímos e lá entramos
E tudo o que há de mais belo nasceu com ela
De frágil emoção existe para ser amada
É sábia e virtuosa quando quer ser.

O seu dia é muito festejado
Pela sua grande importância para nós
É implacável ao dar mais encanto ao perdão
E memorável, após uma noite de relação.

Finge não querer algo desejoso
Conhece a intimidade como ninguém
Ao ter uma você não ficará mais ocioso
O amor acontece sempre, ainda bem.