sábado, 25 de junho de 2011

Zuretas - Poesia




















TAUTOGRAMA Letra "Z"

Zagueiros Zuretas zebraram,
Zelosa zonzeira, zoada zebróide.
Zangados ziguezaguearam...
Zombaram! Zorra, zuniu zumbido...

Zabumba zunindo zefiramente
Zonearam, zun zun zun...
Zaga zangou...
Zás, zurzir zigomático. Zun, zun.

Esse texto retrata a falha da zaga numa partida de futebol. Após eles falharem zombaram deles que reagiram com violência, agredindo alguns torcedores.

Xerófito - Poesia

TAUTOGRAMA Letra "X"

Xingatório, xô, xenofobia!
Xaveco, xi, xenofilia!

Xiita, xô, xilindró!
Xenônio, xi, xodó!

Xarope, xô, xucro!
Xeque, xi xepeiro.

Texto que viaja num conflito de sentimentos e discriminação ao estrangeiro.

Sob o Olhar - Poesia

Eu vejo uma linda jovem
Que traz em seu coração o desejo de amar
Não tem limite algum também
Sabe que deverá sonhar para realizar

Espera paciente pelo seu amor
Escreve em seu diário lindos versos
Sob o olhar poético despreza a dor
Sabe que o seu príncipe está por perto

Veste-se como as belas de sua época
Seus cabelos são grandes como o véu
De olhos pretos e carnuda boca
De nariz afilado observa o céu

É o orgulho de seus pais
Menina estudiosa e muito sábia
Nunca busca na vida se embaraçar
É gentil, linda e amorosa.

Ansiedade - Poesia

Essa distância infinita,
Desperta em mim ansiedade...
Quero lhe ver querida,
Sempre face a face.

Sinto-me completamente apaixonado,
Você me seduziu à distância,
Apossou do meu pensar,
Ao lhe imaginar ajo como criança...

Penso no dia em que vou lhe tocar,
Sinto ternura em sua palavras,
A cada carta que recebo,
Aumenta minha esperança...

Ao ouvir a sua voz,
Quando você me telefona,
Vou a loucura na emoção,
Não sei como o meu coração aguenta.

Você é como a flor do meu jardim,
O canto dos pássaros na copa das árvores,
Mulher sensível demais para mim,
Vou lhe amar como o último dos amores.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Desejo de Ser Feliz - Mensagerm Poética

No desejo de ser feliz em tudo
O jovem ser, busca soluções milagrosas...
Não sabe que a vida é difícil,
Contudo tem forças para vencer de forma honrosa.
Imagina além do que os seus olhos podem ver
E quanto ao seu jeito, vai sempre incomodar...
Gerações viveram sem suas perpesctivas,
Hoje não aceitam o seu jeito de sonhar...
Pretende aprender com tudo nesta vida,
Para mais tarde ver os seus propósitos realizados,
Mas ao passar o tempo, sente o vento contrário soprar...
Porém os seus sonhos não podem voar, serem alados!
Não pretende ficar velho e não ter nada há contemplar,
O consolo para a sua alma empreendedora é ver materializado,
Sonhos e projetos entregues a Deus como proposta de vida.
Pois não vê o mundo como mera fantasia...
Não se engana como criança, sem a ação de uma vida sólida. 
Os seus olhos no futuro lhe ajudarão a ver de outra maneira.
Saberá viver cada dia de uma vez, sem se precipitar em nada!
Deixará a vida acontecer, crendo que tudo se encaixará,
Crê na verdade de um Deus que não frusta sonhos e planos,
E quer ver tudo e ir muito mais além...
Pretende conhecer melhor a vida e ter mais coragem,
Para no fim da estrada poder dizer, que no mundo venceu.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Nossas Mãos - Poesias

Quando juntas as nossas mãos fazem estripulias
Ao som das batidas dos nossos corações...
Deslizam em nossos corpos cheias de magias
Exalando todo charme, desejo e emoção...

Sempre me alegro quando ao seu lado estou
Sei que suas mãos são poderosas em carinhos...
Serenas e com sonhos marcados nas palmas
Levam-me a loucura até ao infinito céu...

Seguro tuas mãos bem forte junto às minhas
Na esperança de tê-las sempre para mim...
Todas as vezes que eu me vejo em apuros
Busco as suas mãos para me afagar...

Ao lhe ver triste, sem saída e nos murmúrios
Uso as minhas mãos para lhe confortar...
Mas a melhor forma de usá-las é estendê-las ao próximo
E sempre levantá-las aos céus e a Deus adorar.

Em Busca de Um Amor - Poesias

Os corações endoidecem na madrugada...
Homens e mulheres em busca de um amor;
Não se sabe o que é sincero ou farra,
Mas sabe-se que todos o querem com louvor.

Ao meu lado a cama está vazia,
Sem a minha alma gêmea esperada.
Assim minha esperança se esvazia,
Pois eu sei que sem amor não sou nada.

As estrelas continuam no céu a brilhar,
A lua reveza nos seus ciclos lunares,
Eu sem você só tenho a lamentar,
E como saber se é a minha cara metade?

Nesta luta entre o bem e o mal,
Onde os mais fracos ficam pelo caminho,
As pétalas da flor estão por se findar,
Será que acharei o meu docinho?

Aguardo com firmeza o sinal do Senhor,
Fito os meus olhos na esperança viva,
Sei que já nasceu a muito tempo o amor,
Que vai preencher de alegria a minha vida.

Tormentas - Poesias

Em meio as tormentas,
Busco um ser para amar.
Não sei mais o que eu faço. Apenas...
Quero ter forças para lutar.

Ter sonhos que se realizam,
Faz qualquer ser admirável...
Aproveite o momento e reflita,
Entre as lágrimas, seja amável.

Sinta a luz da esperança,
Tenha calma no seu agir.
Ouça sua voz nas suas andanças,
E pare de se afligir.

Todos querem um amor de verdade,
Ninguém deseja viver na escuridão.
Saiba que no momento da vaidade,
Aparece de mansinho a solidão.

Seu amor vai chegar,
Basta ter sensibilidade.
Não se desespere, é só esperar!
Juntos serão como a eternidade.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Vou Arrefecer - Poesias

No amor vivo sempre delirando,
nele eu viajo na utopia...
Às vezes fico até conflitando,
porque só eu busco viver em harmonia.
Expresso um sorriso encantador,
Cada vez que lhe vejo.
Sentimento tão arrebatador,
que ao fechar os meus olhos lhe imagino.
Não sei porque me sinto a fim,
desse turbilhão de emoções...
Não compreendo porque não se sente assim,
parece que não tem coração.
Estou desistindo desse amor,
não encontro lugar no seu ser.
Jamais vou querer amar por você,
para mim já basta, vou arrefecer...

Caminhos Percorridos - Poesias

Nos caminhos percorridos,
busquei lhe esquecer.
Aquele era o meu destino,
Mas eu queria de mim remover.

Acreditei poder me livrar,
mas estava totalmente iludido.
Se amar é sofrer, eu sofro por te amar...
Esse nosso amor não está esquecido.

A minha aparência mostrava fraqueza,
fenda na rocha causada pelo mar.
Era um coração todo despedaçado,
que não sabia mais como lhe reconquistar...

O que eu sinto é diferente de tudo,
impossivel qualquer comparação.
É algo mais verdadeiro no mundo,
agora sei por quem bate o meu coração.

Pegada Forte - Poesias

Qual o seu maior desejo,
fala que eu te escuto,
quer mordida e muito beijo,
saiba que eu sou muito astuto...

Quer sentir o meu sexo rígido,
uma pegada forte pra valer...
Meu amor eu sou um perigo,
na transa eu boto pra ferver...

Quer ver a aurora chegar
sem um minuto sequer dormir.
Escolheu bem o parceiro para amar,
sou aquele que lhe dará amor bem viril...

Agora que sabes um pouco de mim,
eu vou lhe preencher todinha.
Vai querer vida nova assim,
está noite será a minha rainha.

Qual o Gosto - Poesias

Qual o gosto se encontra na solidão,
para não buscar quem lhe complete.
Se tua boca beijar com emoção,
sentirá o aroma campestre...

Qual o gosto que sente por estar só,
sem ter quem a sua face tocar...
Você tem que desatar este nó
E buscar asas para voar...

Qual o gosto que busca nas desavenças,
não sentirá o calor dos abraços,
nunca é tarde, então tenta
ser feliz com alguém nos braços.

Qual o gosto quando sofre o coração,
abandonado por pura estupidez.
Deixe a vida te levar na emoção,
viva e deixe viver a sensatez...

Se mudar o gosto pela vida,
o amor arderá no seu peito outra vez.
Verá a luz no fim do túnel querida.
Aí, perceberá como o amor é perfeito.

sábado, 11 de junho de 2011

Quero Celebrar - Poesia

A cada dia sinto mais você
E neste dia eu quero celebrar...
Meu corpo espera o teu ser,
Para nas fantasias juntos desafogarmos...

Momentos que nos alucinam,
Insanos gemidos ouço,
Entre lençóis que se enroscam,
Movimentos atrevidos e loucos...

Num lindo desejo de prazer,
Vagueio nos teus encantos...
Pensando não saber viver,
Longe de ti vivo desencantos...

Esta data tem a marca da paixão,
Seus olhos me provocam com fome,
Meu sangue quente acelera o coração,
Consumo você, delícia extravagante.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Nostalgia - Rondel

Nesta vida cheia de nostalgia
Sinto a beleza de toda criação
Tanto na tristeza ou na alegria
Transpiro toda a minha emoção

Contido de pureza e inspiração
Recito meus momentos em poesia
Nesta vida cheia de nostalgia
Sinto a beleza de toda criação

Nos encantos repletos de magia
Evito agir perdendo a razão
Mas sem sorriso nada eu faria
Tenho que expor o alegre coração
Nesta vida cheia de nostalgia

Carrascos da Posteridade - Rondel

É muito difícil de compreender,
Atitudes cruéis contra a criança.
Covardias não dão para entender,
Deixando o futuro sem esperança.

Pessoas cruéis que jogam a lança,
Carrascos da posteridade pra valer!
É muito difícil de compreender,
Atitudes cruéis contra a criança.

Numa guerra só para inglês ver!
A sociedade que nesta luta dança,
Quer os seus diretos um dia ter.
Essa autoridade de grande pança,
É muito difícil de compreender

Olhos a Brilhar - Rondel

Nos seus olhos a brilhar
Falas alto ao meu coração
Mostra a alegria de voltar
Para me amar de paixão

Contenho a minha emoção
Ainda que eu possa te tocar
Nos seus olhos a brilhar
Falas alto ao meu coração

No dia que o brilho apagar
Nos devaneios da solidão
Minha alma vai se espantar
Sofrerá tamanha desilusão
Nos seus olhos a brilhar

Completamente Nua - Rondel

Eu vi você completamente nua
Num momento seu de distração
Foi tamanha a minha loucura
De querer você no meu coração

Meu sangue fervia na emoção
Só de pensar tocar cada curva
Eu vi você completamente nua
Num momento seu de distração

Quando lhe vejo perdida na rua
Penso me apoderar com paixão
Já fiz até promessa para lua
Para tê-la junto a minha mão
Eu vi você completamente nua

Cruéis Disputas - Rondel

A vida não é um mar de rosas
Trava cruéis disputas em tudo
Vem mergulhar nestas poesias
Para esquecer de todo absurdo

É difícil sem alegria, insulto!
Lutas diárias consomem vidas
A vida não é um mar de rosas
Trava cruéis disputas em tudo

Casais vivem nas maiores fossas
Ações que não estão protegendo
Perdem o fôlego entre as palavras
O desequilíbrio está os guiando
A vida não é um mar de rosas

sábado, 4 de junho de 2011

Sempre Bela - Indriso

Envolvidos nos cabelos castanhos
Vejo os seus olhos bem radiantes
Lembrando os jardins suspensos...

Babilônia era divinamente linda
Uma das sete maravilhas do mundo
Era louvada, celebrada e querida...

Hoje não existe mais, uma pena.

Mas você continua para sempre bela.

Bate Coração - Indriso

O meu coração bate por você,
Ouça só essa voz do meu interior,
Num clamor para que me escute...

Resultado de uma cumplicidade,
São dois corações juntos a baterem,
Combustíveis de potencialidade...

Eles combatem as frentes de arrogâncias,

Numa luta gloriosa e cheia de esperança...

Sem Fim - Indriso

No auge de uma saudade sem fim,
Sinto demais a sua ausência;
Tento achá-la nos lugares por aqui...

Inconformado com o seu sumiço,
Clamo ao Deus de amor por um Cúpido;
Para me socorrer, pois estou aflito...

Sou um poeta abandonado e grito!

Sem sentido, a esperança me mantém vivo...