domingo, 15 de janeiro de 2012

Não Se Prive - Poesia

O nosso primeiro encontro foi maravilhoso...
Jamais tinha vivido uma madrugada como aquela.
Nunca havia me divertido como aquela noite!
Sedutora, você me envolveu, deixando-me louco.

Você não pode ser assim tão inconsequente,
Gostaria imensamente de revê-la outra vez,
Fez-me apaixonar e depois sumiu de repente,
Crueldade gratuita, que mostra insensatez...

Saiba que a espada corta dos dois lados,
Tenho certeza que deixei a minha marca.
Agora não percebes, mas terá sonhos alados.
Imaginando nós dois em meio à madrugada...

Aproveite enquanto eu ainda lhe quero,
Se você demorar muito a fila vai andar...
Saiba que ouvi o meu coração sincero,
Não se prive de ser feliz e ter um lar.

Nenhum comentário: