quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Não te indignes - Poesia

Não te indignes com os malfeitores,
Um dia eles poderão ser vossos irmãos.
Deus tem a resposta final para tudo,
Mas ao não se arrependerem, sofrerão!

Não fique triste com os escarnecedores,
Dentro em breve como a relva, definharão...
Confie no Senhor e disponha-se a fazer o bem,
Como a erva verde, um dia eles murcharão!

Não inveje a vida de quem está no mundo,
O tempo passa rápido, e, eles findarão...
Mas para você Deus preparou a vida eterna,
Enquanto eles, sem esperança estão!

Não olhe para trás por causa dos ímpios,
A sorte deles um dia se acabará.
Deus tem o tesouro escondido para lhe dar,
Quanto a eles, só a condenação os restará!

2 comentários:

Aparecida Ramos disse...

Sábios, verdadeiros e belos versos. Parabéns. Amei sua poesia, amigo Djalma!
Beijosssssssssssssss
Isis...

CONCERTO DE LEITURA & CIA disse...

Olá meu caro amigo. Esse releitura do salmos 37 ficou demais! Parabéns pelo grande talento e inspiração. Abraço do Gonçalves. Fiz uma homenagem para você.