domingo, 22 de janeiro de 2012

Tolo - Poesia

Quanto egoísmo tolo e desnecessário,
Não é capaz de ver a sofreguidão...
Só olham para o próprio umbigo,
Essa gente materialista, sem coração!

Pensa ter o seu sangue na cor azul?
Idiota! Não sabe o que faz...
Até quando vai agir assim, de forma vil!
Enquanto a miséria passa ao largo.

Tudo passa e você também passará!
Pense na falta de ajuda ao próximo,
E aquilo que é eterno a ti chegará...
Nada passa despercebido para Deus.

Em algum momento da vida, ouça louco!
O seu dinheiro vai se despedir de você.
Não poderá levá-lo no dia de sua morte,
Alguém por aqui vai gastá-lo pra viver.

2 comentários:

Aparecida Ramos disse...

Versos sinceros e mais que reais. Eu estava há poucos minutos pensando e escrevendo sobre essa mesma temática, são situações, que à pouca distância fico a observar e a refletir tamanha ignorância e arrogância dessas pessoas. Parabéns, lindooo!
Tenha um feliz domingo em família.
Beijossss, com saudades!
Isis...

Coisas do meu Coração! disse...

Olá poeta Djalma, bom demais estar segundo seu blog, amei o que li. São poesias lindas. Parabéns por este dom divino!Grata por me seguir, e com muito carinho envio este selinho, > http://2.bp.blogspot.com/-pu1VdPtWoBc/Tdu1zBoQtCI/AAAAAAAAA_g/vHhMbeQiFBc/s400/SELINHO.jpg
por ser meu seguidor. Cole no seu navegador, salve no seu pc e poste no seu blog, é o carinho do meu blog ao seu.
Que o Senhor continue lhe abençoando!
Beijos no coração
Eu! Leilinha