quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Anseia Abster-se - Poesia

Num sonho transloucado e sem ter esperanças,
O jovem anseia abster-se das drogas e álcool.
Pensa falar menos e ouvir mais com humildade.
Reconhecendo os seus erros, querendo mudar!

Busca aceitar as imposições por necessidade,
Sabendo que tudo na vida, ele pode modificar...
Esquecer o passado para viver melhor o presente,
É ter esperança vindoura do futuro vivenciar!

Na sua luta tende a mudar os seus alvos e metas,
Encorajado numa possibilidade real de mudança.
A sua família intensamente o ama e sem pressa,
Acredita no seu desejo de vencer a desconfiança.

Pedi perdão a todos que foram por ele atingido,
É o princípio de uma recuperação mais profunda.
Não se pode esquecer que na vida qualquer filho,
Tem lugar no coração, mesmo que seja escondido!

8 comentários:

Will disse...

Importante mensagem,

A semente do perdão precisa morrer o exterior para germinar o que tem dentro.

Uma ótima tarde de quinta-feira para você!

MARILENE disse...

Esse lugar no coração não deveria ficar escondido. A sensação de desamor e de falta de confiança por parte dos entes queridos pode facilitar a entrada nesses perigosos caminhos. Depois da conscientização, tudo fica mais fácil. O arrependimento é abraçado por todos, mesmo que feito em silêncio e atitudes.

Bjs.

teca disse...

Bonita e sentida mensagem de amor fraterno...

Um beijo carinhoso.

Analine disse...

Mensagem tocante!
Beijinhos

Vera Portella disse...

Maravilhoso...emocionante!
Estou honrada em participar e receber sua visita,

Abraços fraternos

vera portella

Mariana Penna disse...

Oie, como vai?

Tem um selinho esperando por vc:

http://marianapenna.blogspot.com/2012/02/selo-comemorativo-2-anos-do-blog.html

Bjãooo e bom fds!!

ॐ Shirley ॐ disse...

Às vezes é preciso recomeçar...Um poema lindo e cheio de bons propósitos. Um beijo de luz, querido amigo Djalma!

Raimundo Soares de Andrade disse...

Li, amei, gostei, comcerteza voltarei. Abraços.