quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Efusão dos Sentidos - Poesia

O guardião alado da essência espiritual,
Protege o ser dos mais eminentes perigos...
No momento atual a sensibilidade desanda,
Separando o corpo de muitos do Espírito.

Ao se auto-endurecer e desviar de toda verdade,
O homem amargará situações delicadas, sem saída!
Não conseguirá adentrar no mundo invisível,
Onde o corpo é encoberto pelo Espírito Vivo.

Para tornar a ter de novo o contato espiritual
E ver Deus habitar sua perfeição com suavidade,
O aquebrantamento do coração se faz necessário,
Não provoca dor, nem tão pouco animosidade!

A Presença Santa corrige as intempéries da vida,
Conforta as pessoas machucadas pelas decepções...
Traz um transbordamento da efusão dos sentidos,
Manifestação terna de um coração contrito!

2 comentários:

Joselito de Souza Bertoglio disse...

Parabéns por este belo espaço muito bom sentir teus textos, são muito suaves de se ler, parabéns pelo belo blog, já estou seguindo e voltarei mais vezes, eu escrevo alguns versos e te convido pra fazer uma visita http://joselito-expressoesdaalma.blogspot.com ficaria feliz com a sua visita ao meu humilde espaço.

Aparecida Ramos disse...

"A Presença Santa corrige as intempéries da vida," Eu não tenho nenhuma dúvida disso... Nada melhor que acreditar, buscar e confiar n'Ele! Aplausos, poeta pela belíssima inspiração nesta e em inúmeras outras poesias. Seu saber estar sempre abastecido dessa Santa Presença.
Ah, "sequestrei" sua Poesia (... Avatar) e postei no meu Blog. Confira quando puder. E muito obrigada... Beijos de boa noite!