quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Estou Apaixonado - Soneto

Vivo no extremo dessas minhas angústias,
Da insensatez sei que estou arrependido.
Eu abandonei todas as minhas estripulias,
Para viver bem feliz, mas junto contigo.

Vivi todas as situações constrangedoras,
Muitas na verdade eu já havia me afastado.
Eram situações dignas de serem repudiadas,
Eu conto com seu perdão, estou apaixonado!

Tinha razões para duvidar acintosamente,
Quando extrapolei nessa triste loucura...
Errei muito, mas eu sempre pensei em você.

Ter a sua companhia é fugir da insanidade,
Que as aventuras provocam nesta desventura.
Eu quero ter só você, meu amor de verdade!

4 comentários:

Aparecida Ramos disse...

Muito belo amor, poeta! Adorei ler seu versos sensíveis e apaixonados que também me emocionam! Tenha uma noite de muita paz!
Beijossss

Fátima disse...

Oi Djalma,

Ahh! que lindo, gostei muito.
"Eu conto com seu perdão, estou apaixonado"
É sonoro, é sentimento é belo!!

Beijo meu

Felisberto Junior disse...

Olá! Boa tarde!
Andei navegando pelo seu blog! Muito bom!Gostei mesmo! Belos sonetos!Estilo próprio!
Obrigado pela participação em meu blog!
Muito feliz e honrado!
Boa quinta!
Abraços!

Aline Santos disse...

Hum.. Poema melancólico, mas nem por isso menos belo! Parabéns! Descreves o sentimentalismo em sua concreticidade! Gostei disso!

Ah.. Não posso deixar de dizer, que li o seu perfil e fiquei admirada, pois além de chamar atenção com a facilidade de se expressar você transmite uma simpática interessante!

Grande Abraço!