segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Pequena Monta - Poesia

Todo nascedouro é de pequena monta...
Os grandes arbustos vêm de miúdas sementes,
A longa caminhada se faz passo a passo,
As cachoeiras se formam de pequenas fontes,

Homens desbravadores em suas caminhadas,
Precisaram da compreensão alheia...
Se não fosse o amor em ação,
A raça humana estaria sem beira, nem eira!

A vida tem início em minúsculas células,
Logo temos um coração a bater!
Se não fossem as singelas gotas,
Não haveria chuva para arrefecer.

A paz nos traz harmonia e amor,
Algo de extrema necessidade para vida.
Ninguém pode mudar o mundo, seja quem for!
Mudará somente uma parcela insípida.

Um comentário:

Analine disse...

Poesia linda!
Gostei muito do seu blog, Djalma!
Suas postagens inspiram a vontade de viver e sonhar.
Seguindo com prazer.
Beijos,
Analine

sinfoniasdaalma.blogspot.com