sexta-feira, 2 de março de 2012

Futilidade e Inutilidade - Mensagem de Texto


Diuturnamente duas amigas conversavam sobre tudo um pouquinho pela Internet. Num determinado dia resolveram juntas criar uma comunidade. Juntas decidiram que uma seria a dona, enquanto a outra seria a moderadora, o circo estava montado. Ali, realmente elas se preenchiam, falavam mal de todas as pessoas que detém algum tipo de fama, eram cruéis, ninguém poderia vacilar, senão virava tópico, pois nada passava despercebido por aquelas amigas;

A Internet é uma ferramenta maravilhosa quando usada para o bem, nela podemos realizar trabalhos e estudos tremendos, mas infelizmente pessoas como futilidade e inutilidade tem o costume de usá-la para o mal, tornando a internet na morada dos covardes. Procuram denegrir a imagem das pessoas sem a menor cerimônia, falam sem nenhuma responsabilidade e nunca se põe no lugar das pessoas que tanto criticam. Não fazem a menor questão de antes analisar, para depois detonar, pois, lá, se realizam e nada realizam em suas vidas, patético! Infelizmente, existem pessoas piores do que essa dupla se utilizando dessa máquina para cometerem os seus crimes;

Tanto a palavra fútil quanto a palavra inútil, querem dizer: vão ou, melhor, sem importância ou sem valor algum e quando nos permitimos agir segundo os conceitos dessa dupla, perdemos a chance de crescermos em alguma coisa na vida e de conquistar algo, que com certeza seria muito útil a nós mesmos ou aos outros;

A palavra de Deus diz: Devemos guardar a nossa língua e ter bastante cuidado ao falar alguma coisa que possa ferir qualquer outra pessoa. “Quem zomba do próximo e não fala a verdade, ensina a sua língua a falar a mentira e obra perversamente” (Jr 9:5); e “Se alguém diz que ama a Deus e aborrece ao seu irmão, é mentiroso. Pois vendo a seu irmão não o ama, como pode amar a Deus, a quem não viu” (Jo 4:20);

Evite contendas e disputas e não tenha a prática de caluniar as pessoas e guarda a tua língua do mal. “O que come não despreze o que não come; e o que não come não julgue o que come” (Rm 14:3), pois Deus irá cobrar de cada um as obras de suas mãos.

4 comentários:

Kellen Bittencourt disse...

Muito bom texto Djalma tbém acho que a internet deve ser usada p acrescentar e nunca diminuir, aki aprendemos muito seja nos Blogs, nas buscas e redes sociais, p mim é um lugar de troca de soma de conhecimentos acima de tudo! Perfeito texto! Abraços

Aparecida Ramos disse...

Olá, poeta amigo, bom dia! Penso que ninguém deveria utilizar-se de uma ferramenta tão importante, útil e poderosa para praticar o mal contra quem quer que seja... Se há pessoas que tem algo contra a outra pessoa poderia resolver de uma maneira individual e com a própria pessoa. Quem se presta para esse tipo de atitude deixa sua marca de alguém sem personalidade, desprovido de caráter e, certamente, de conteúdo... parabéns pela pertinência do texto, DJALMA! Beijossssssssssssssssss
ISIS...

TECA disse...

Muito bem exposto nesse texto como uma coisa boa e útil como a internet pode e é muitas vezes mal usada.
Esse tipo de uso pode inclusive destruir vidas.
Ainda bem que são poucos esse tipo e a maioria é composta de pessoas de bem que querem apenas fazer amigos e contribuir para uma humanidade mais feliz.
Bjs
Teca

Juan Manuel Remesal disse...

Hola,me ha gustado mucho como escribe, transmite tranquilidad que es lo que todos necesitamos. Un fuerte abrazo desde Huelva, España.