terça-feira, 24 de abril de 2012

O Cupido Aprontou - Poesia

Eu não acreditava,
No amor à primeira vista...
Até que encontrei você!

Senti uma atração instantânea...
Você fulminou o meu coração,
Com um raio cheio de ternura.

O Cupido aprontou outra vez,
Sua travessura me deixou cicatriz,
Eu não sei mais o que fazer!

Eu gostei tanto de você,
Que não resisti à tentação...
Agora eu só quero lhe ver!

Embora sendo fugaz,
A emoção explodiu em meu peito,
Trazendo a ele essa loucura...

3 comentários:

Sónia M. disse...

A sua não é sua não!
É desse cupido já cansado.
De olhos vesgos,
desajeitados...
Dispara flechas para qualquer lado!

Ah amor!
Primeiro fugaz e logo de tudo é senhor!


Beijo
Sónia

Kellen Bittencourt disse...

Acho que o tal amor a primeira vista existe sim mas muitas vezes é na segunda vista que temos certeza se foi da primeira ou não rsrsr Abraços

VILMA PIVA disse...

Olá Djalma,
Linda poesia quem bem demonstra como o Cupido flecha certeiro corações de amor!!Parabéns!!Adorei! Beijos!!