sexta-feira, 11 de maio de 2012

Viva a Liberdade! - Prosa Poética


Liberdade é proclamada pelos velhos, pelas mulheres, pelos jovens, pelas crianças, pelos negros, pelos índios, pelos deficientes e por toda classe escravizada desta nação... seja por falta de estrutura, por trabalho escravo ou por qualquer outra diferença...!

Liberdade é proclamada pelos velhos nos seus direitos mais básicos, como ter acesso à saúde, depois de anos de trabalho...!

Liberdade é proclamada pelas mulheres no direito da igualdade entre os sexos no mais elementar de suas funções, o trabalho... elas só querem ter um salário digno e justo, equiparado ao outro sexo...!

Liberdade é proclamada pelos jovens, eles só querem curtir a vida com segurança, tendo também direito a um futuro mais digno, através de uma educação de qualidade...!

Liberdade é proclamada pelas crianças, elas não querem ser espancadas, abusadas, sequestradas e assassinadas... elas tem direito a proteção materna e se precisar do estado.

Liberdade é proclamada pelos negros que não querem ser avaliados, censurados, impedidos e discriminados pela cor de sua pele... Eles têm direitos como cidadãos as mesmas oportunidades que os outros...!

Liberdade é proclamada pelos índios, verdadeiros donos desta terra... Eles buscam manter as suas origens e culturas sem serem importunados pelos homens brancos, que sempre as invadem com pretensões de riquezas, seja pecuária, madeireira ou através dos garimpos...!

Liberdade é proclamada pelos deficientes, eles não são respeitados por nenhuma esfera de governo e nem pelo meio empresarial...

Liberdade é proclamada por toda classe escravizada desta nação... No dia treze de maio, se comemora a abolição da escravatura, deveria ser um momento de grande oportunidade de mudanças para toda essa gente, assim todos nós teríamos um amanhã melhor...!

Então, viva a liberdade que todos proclamam... Viva!

3 comentários:

♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Passando pra deixar um beijo e desejar um lindo domingo pra você...

Ani

Aparecida Ramos disse...

Passando para te cumprimentar...
E dizer-te que fico triste por está compressa e não poder ficar.
Quem sabe amanhã ou ainda hoje, talvez... Eu retorne mais cedo e venho OUTRA VEZ!
Adorei a novidade...
Mudanças sempre caem bem...
Te deixo um abraço apertado. Um beijo carinhoso. E meus PARABÉNS!!!
Isis Dumont

Aparecida Ramos disse...

Olá, poeta, BOA NOITE!!! Só agora chego para ler com mais calma seu lindo texto. Mas já adianto-lhe que acabei de sequestrá-lo e publiquei no meu Blog. Também compartilhei o mesmo em minha página no FACEBOOK. Apesar de só aparecer por lá uma vez na semana ou a cada 15 dias (rsrs).
Aplausos, querido à beleza desse canto à Liberdade. Ser livre, sentir-se livre é uma das melhores coisas da vida. Penso que ninguém nasceu para viver "aprisionado". Nem nenhuma pessoa merece ser escravo de ninguém! Costumo falar que minha liberdade de escolha, e minha liberdade de expressão não tem preço. Mais uma vez, meus sinceros Aplausos pelo brilhante texto partilhado. Em nome do Blog rosachoqueeoutrascores eu agradeço.
Um beijo de paz e muita luz em sua vida, poeta.