quarta-feira, 20 de junho de 2012

De Alegria - Poesia

Se puder escolher um sorriso,
Eu quero o de alegria!
Sei que existem outros tipos,
Mas no momento não me contagiam...
Sei que o sorriso aberto é extrovertido,
E também muito relaxante...
Usado como fruto da ação dos lábios,
Em troca aos olhares brilhantes...
Sei que existem muitos sorrisos:
O discreto,
O largo;
O constante;
O ousado;
O contagiante;
O verdadeiro;
E também o falso.
Poderemos receber diferentes sorrisos,
Mas eu me refiro ao de alegria,
Aquele...
Espontâneo!

6 comentários:

MOISÉS POETA disse...

Bonito , Djalma !

Deixo-te meu sorriso !

Abraço grande !

Sónia M. disse...

Deixo por aqui um sorriso bem alegre!

O meu abraço
Sónia

Valéria Souza disse...

Então, deixo o meu bem alegre e espontâneo. Tchau.

Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo, os sorrisos espontâneos que chegam de surpresa e contagiam quem está perto realmente são os melhores! De volta por aki! Abraçooooss

Rita disse...

Bom dia !
Passando para deixar um alô sei
que vc merece todo meu carinho por
estar sempre me prestigiando.
Eu faço o mesmo te parabenizo por
tudo que vc faz de bonito nesse seu
espaço..Abraços
Rita!

Muito lindo esse poema um luxo!

Rosa disse...

Te envío una sonrisa alegre y franca estimado Djalma.

Un abrazo