terça-feira, 12 de junho de 2012

Nada - Rondel

Acredite que nada é obra do acaso!
Nem também obras premeditadas.
Tudo tem seu tempo sem avesso,
Não adianta apressar as coisas!

Os destinos são as consequências,
De lances planejados com descaso.
Acredite que nada é obra do acaso!
Nem também obras premeditadas.

Nem tudo nesta vida é um arraso,
Acontecem confusões complicadas,
Atropelos e vacilo, gafes e percalço.
E a você que está lendo essas linhas,
Acredite que nada é obra do acaso!

5 comentários:

Sónia M. disse...

Não acredito no acaso...tenho tudo o que fui capaz e o que não tenho, não era para mim!

Beijo
Sónia

Rita disse...

Nessa terça feira 12 de Junho é um
dia especial, para os eternos namorados
Desejo a vc um dia feliz com todo amor
que vc merece.
Fotos , imagens,textos poesias, deixa a vida
mai bela.. por isso vim deixar meu abraço
com todo meu carinho
Felicidade hoje e sempre
Bjusss
Rita!!!!!

Lucinalva disse...

Olá Djalma

Poesia enriquecedora, que Deus continue usando tua vida. Um forte abraço.

Mary disse...

Tem namorada?
feliz dia para você com sua companhia,
não tem? felicidades assim mesmo, afinal mais
um dia dado por Deus para ser vivido.
Beijos
Mary

Kellen Bittencourt disse...

Eu acredito amigo, acredito muito que nada na nossa trajetória é obra do acaso! Abraços