segunda-feira, 25 de junho de 2012

Oscilar - Poesia



Nunca deixe dois pensamentos contenderem em sua mente.
Assim, superará os seus maus hábitos...
Mas, se não tiver forças para lutar contra as adversidades,
Reconheça sua fragilidade e seus maus contatos...

A tragédia quando anunciada quebra até os ossos.
Quanto ao pão e a espada... A escolha sempre será sua!
Dois pensamentos quando navegam da alvorada ao fim do dia...
Destroem a paz pretendida numa escolha infeliz e dúbia.

Faça um bem a você mesmo, com esmero e precisão.
Sua vida vai te agradecer... Já que a mata um pouco a cada dia...
Escreva as ansiedades na areia, mas crave as vitórias sobre a rocha.
Assim terá um coração feliz e os pés no ritmo da ultima valsa.

Saiba que a primavera fornece as belezas das cores,
Enquanto o inverno traz somente o frio...
Decida-se, o oscilar entre dois pensamentos não é nada bom.
E causa indefinições por toda uma vida.

9 comentários:

Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo poeta, to mal nessa viu, minha cabeça não oscila com "dois" pensamentos mas com uns dez pelo menos, são tantas indecisões e possibilidades sobre uma mesma questão que fico loca! rrs abraçoosss

Rosa disse...

Que precioso Djalma.

Un abrazo

Smareis disse...

Olá Djalma,

Por vezes é dificil controlar dois pensamentos.

Ótima reflexão.

Abraços !

Lucinalva disse...

Olá Djalma

Gostei da frase: "Escreva as ansiedades na areia, mas crave as vitórias sobre a rocha." Que Deus continue te usando. Um forte abraço.

Valéria Souza disse...

Não devemos oscilar em dois pensamentos,a dúvida é sempre cruel. Estou falando por experiência própria. Lindo poema. Um abraço.

Evelyn Dias disse...

Que lindo amigo poeta! Escrever as ansiedades na areia, foi tudo! Parabéns por usar tão bem as palavras!
Abraço!

Lidi Horácio disse...

Oiee te encontrei na blogosfera..
Adoreiii seu blog..
Tô te seguindo.

Me visite tbm:
http://lidiepaulo.blogspot.com.br


Beijocas :*
Ótima Noite ")

A Noiva Cadáver disse...

Djalma, de todas poesias que li em seu blog, esta é a que mais me tocou devida circunstâncias e conclusões que vivo hoje.
Ontem antes de escrever em meu blog passei a tarde inteira pensando sobre a dubiedade do pensamento.
Agradeço pelo que li
;)

Camila Alves disse...

Muito forte o que você escreve, me traduz!
Adorei seu espaço, tô seguindo viu!
Um bom fim de semana :)