terça-feira, 10 de julho de 2012

Amor Próprio - Prosa Poética


Existem dores impossíveis de serem detectadas pela medicina, são as dores que sentimos na alma... quando a relação amorosa não se completa, por várias razões, vem a traição de todos os lados...!

A decepção atinge a vida num todo... vai abrindo feridas profundas, difíceis de serem cicatrizadas... e mesmo quando curadas, ficam as marcas...!

E como trabalhar essas dores? Será que o amor incondicional é o suficiente para isso...?

E quanto ao amor próprio? Ele será suficiente para suprir toda desilusão e decepção? Acho bem provável...!

Essa dor é silenciosa e causa um estrago danado... aos poucos tira o sono e a paz... impede o raciocínio lógico e destroem qualquer possibilidade de felicidade...!

Onde não há confiança, tudo se perde... onde não há respeito, nada se firma... onde não há maturidade, nada é construído... onde não há amor, impera a falsidade...!

Perdoar é uma atitude muito nobre... mas tem que haver o verdadeiro arrependimento... não adianta um lado se esforçar, se o outro apenas assiste a tudo, fingindo aceitar...!

Mas existe uma saída, basta se auto-valorizar e as coisas vão melhorando... a auto-estima vai subindo a níveis considerados e tudo vai se renovando... e quanto às sombras do passado, elas não mais o atormentarão...!

A pessoa deve entender que ela é única... e não um mero ser, sem valor algum... deve ir a busca da paz perdida em quem pode mais, Jesus... para depois ir a busca de um novo amor, com maturidade...!

Onde buscará não errar de novo ao valorizar em demasia o outro... e reconhecerá que ninguém é perfeito, mas que os princípios são fundamentais para uma boa relação...!

Saberá que o respeito é uma via de duas mãos... e que quando não há amor, tudo é murro em ponta de faca...!

A vida pode recomeçar em todas as suas áreas... Deus não quer ver ninguém triste pelos cantos... quem diz que ele não se importa está mentindo...!

Veja o amor dele dentro de você outra vez brotando.

2 comentários:

Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo, bacana esse texto, acho que temos mesmo muitoooo valor e temos sempre que nos dar a chance do recomeçar, ser feliz é o que nos move! Abraçoooss

Estou retornando e trazendo um sorteio mineirinho lá no blog, passa lá p participar!

Lucinalva disse...

Olá Djalma
Linda poesia, precisamos aprender a arte de valorizar os outros e também nos valorizar, dessa forma conseguiremos obter grandes vitórias. Tenha um dia abençoado.