quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Nos Passos da Dança - Soneto

Nos passos da dança medito no profundo,
Penetro no divisor da minha carne e alma.
Minhas emoções afloram neste meu mundo,
Numa expressão escondida que me acalma!

Na dança revelo uma linguagem sem medida,
Expressão saudável de um desejo sem igual.
Maneira linda de penetrar num ritmo da vida,
Ao som da música dançamos numa graça legal.

É como sentir o calor da emoção e bem amar,
Aproveitando cada passo desse belo caminho,
No dois pra lá e pra cá, querendo extravasar! 

A noção sensorial exata da estrutura humana,
Mostra os requisitos e limitações da combinação,
Pela genialidade inerente a cada um na dança.

2 comentários:

Kellen Bittencourt disse...

Oii amigo,Como é bom uma boa dança, uma boa musica um ir e vir gostoso, e relaxante,momentos que fazem a vida valer a pena! Abraçoooosss

Janice Adja disse...

É assim mesmo. rsrsrs
Beijos!