sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Aceitar tudo? - Indriso

Quando eu digo que amo e aceito tudo,
Fico sem saber como pensar e expressar.
Será que o meu amar é só ter que aceitar?

Quando tudo é aceito em qualquer relação,
Pode-se desconfiar se há amor neste lugar,
Amar é se doar mutuamente sem restrição...

Quando um lado se dá e o outro é egoísta,

Desconfie se esse amor está sob medida.

5 comentários:

Kellen Bittencourt disse...

Gostei amigo, amor desmedido não faz bem a ninguém! Temos que analisar sempre essa troca! Abraçosss

Valéria Souza disse...

Na verdade, deve haver uma reciprocidade, chega até ser injusto. Um abraço.

Poetisa da Paz disse...

E a gente volta a sonhar mesmo sabendo que o passado não se recompõe. Lindo Indriso.
Obrigada p/visita e por seguir meu blog!
Abçs!

Ordem do Saber disse...

Concordo plenamente com suas belas palavras.

Um bom final de semana para ti.

Janice Adja disse...

Quando a esmola for grande o cego tem que desconfiar.
Beijos!!!!