sábado, 6 de outubro de 2012

De repente! - Indriso

Eu não esperava de você mais nada.
Vagueava perdido e meio esquecido,
Meus dias não mais me agradavam...

Enquanto a boca ressecava ao vento,
No coração a dor da antiga saudade,
Triste emoção que rasgava meu peito!

Nos murmúrios via-me num lamento,

De repente você volta, alegrando-me!

Um comentário:

Valéria Souza disse...

Nostálgico indriso, porém muito bonito, e o melhor de tudo, é que termina bem,rsrsrs. Bjssss.