sábado, 3 de novembro de 2012

Judas vs Judá e Pedro no Meio - Mensagem de Texto

Certo homem chamado Judas caminhava sobre as brasas do inferno quando percebeu que além do abismo, numa bela campina caminhava muito alegremente outro ser. Ao olhar mais fixamente para esta pessoa, percebeu se tratar de Judá, filho de Jacó. Judas ficou indignado com aquela situação, pois em sua mente era impossível uma pessoa como Judá ser salva. Não satisfeito foi tirar satisfações com a gerência do paraíso.


           Chegando lá, Judas foi logo falando: Eu quero falar com o responsável daqui;

           O faxineiro que o atendeu, pediu para ele aguardar um pouco, pois iria chamá-lo.

           Não demorou muito, Pedro chegou. Judas tomou outro susto ao vê-lo na porta do céu. E disse: você é o responsável por tudo isso aqui? Não pode;

           Porque não? – perguntou-lhe Pedro;

          Você o negou três vezes e quanto a esse Judá, ele entregou o seu irmão José aos medianitas, que em seguida o venderam para os egípcios, que o aprisionaram aproximadamente por três anos, além de enganar Jacó, seu pai, ao afirmar que o seu irmão havia sido comido por uma besta fera – respondeu Judas;

          Judas, no que se refere à Judá, eu posso lhe dizer que ele se arrependeu e José aceitou o seu pedido de perdão. Jacó também o perdoou, pois todos entenderam que todo aquele mau intento tinha como propósito de Deus salvar o mundo da fome – disse Pedro;

          Tudo bem, me convenceu em relação à Judá e quanto a você, o porque está aqui? Deveria estar comigo lá no inferno, nós erramos quase que simultaneamente contra Jesus – respondeu Judas;

           Judas, Jesus ressuscitou e hoje está sentado à direita do Deus Todo Poderoso. Ele é Deus de vivos e não de mortos. Quando nós erramos, ele nos ofereceu o perdão – disse Pedro;

          Espera aí. Ele me falou que era para eu fazer logo o que tinha em mente. E como no caso de Judá que existia um propósito, no meu caso também existia um propósito – respondeu Judas;

          Mas existe uma grande diferença no final de cada história. Judá errou, se arrependeu e pediu perdão, além disso, da tribo de Judá descendeu o rei Davi e o messias, Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Com relação a minha pessoa, eu me arrependi e depois que ele ressuscitou, fiz uma grande obra e por ele morri crucificado de cabeça para baixo. E quanto a você, só houve remorso seguido de suicídio, não dando tempo para esse Jesus maravilhoso lhe perdoar. Você poderia ser valioso na obra de Jesus, mas preferiu se acovardar e morrer. Jesus é Deus de vivo porque ressuscitou e vivo está, e após a morte segue-se o juízo – falou Pedro dispensando em seguida a Judas.

          Diante deste fato Judas resolveu se arrepender, mas já era tarde, pois Deus só perdoa enquanto alma vivente nesta terra.

4 comentários:

Janice Adja disse...

O remorso é um arrependimento, mesmo assim Deus se vingou castigando Judas???

Valéria Souza disse...

A Bíblia diz que Deus não tem prazer na morte do ímpio, então, jamais, Deus se vingaria de alguém. A Bíblia também nos diz: " De que pois se queixa o homem? queixa-se dos seus próprios pecados". Quanto ao livre arbítrio que Deus deu ao homem? temos a consciência do bem e do mal. Judas teve a oportunidade de voltar atrás, mas foi soberbo, não aceitando o perdão de Jesus. Pedro fraquejou, mas alcançou misericórdia porque se arrependeu e essa história até hoje se repete. Parabéns pela mensagem, Djalma, um abraço.

Janice Adja disse...

Djalma, por que as igrejas falam tanto em castigo de Deus. Se Ele castiga, ele se vinga.

Rosa Viñas disse...

Dios no es vengativo son nuestros hechos mismos los que nos llevan al castigo. Dios es amor.
Me gusta mucho tus entradas Djalma.