segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Harém (humor) - Poesia

Estranha essa sensação,
Jamais havia sentido antes!
Chegou até o umbigo essa excitação,
Coisa gostosa de sentir!

Morena tesuda essa...
Seu sexo me deixou de bobeira,
No tatame nos surperamos,
Fiquei enfemado de primeira...

Queria não sentir ciúmes,
Ao mesmo tempo poder cuidá-la.
Mas tenho minhas inquietudes,
Provocações de uma anterior paixão!

Como seria bom ter um harém,
Sem ser pego de surpresa!
Ter as seis cores brasileiras,
Pelos cantos do meu quarto, espalhadas!

Ter a preta, a mulata e a morena jambete.
A índia do pantanal, a castanha e a loirinha.
Com a linda asiática vinda do outro lado do planeta.
Para ser a sobremesa de minhas saborosas comidinhas...

Nenhum comentário: