sábado, 2 de fevereiro de 2013

Volta Inesperada - Prosa Poética


Querias ser recebido de braços abertos, mesmo sabendo que foi inconsequente na hora em que partiu...? Pensou que ao ver às lágrimas rolando no rosto de quem tanto lhe amou, fosse ter o perdão assim tão facilmente...?

Ignore essa soberba e veja o quão mal causou aos que lhe amam de verdade... não queria voltar, mas agora se dá conta da burrice praticada e volta como se nada estivesse acontecido...!

Saiba que os filhos já cresceram e não os viu nos momentos em que mais precisavam de você... eles choraram por várias noites, tiveram pesadelos e sonhos e não estava por perto... chamaram-lhe, mas você não os ouviu...!

Errar é humano e todos sabem disso, mas não se brinca com a vida de ninguém... um dia alguém sonhou junto a você e hoje lamenta ter sonhado...!

Para voltar precisará muito mais do que vontade... precisará de fato estar arrependido e ser aceito também... a confiança leva uma vida para ser conquistada, mas se perde tão facilmente... e por isso, eles precisarão ver algo bom dentro de ti...!

Entenda que um conjunto de desilusões sonhos desfeitos por meras aventuras, deixa qualquer um com os pés atrás... portanto, respeite o silêncio daqueles que tanto mal você causou...!

A busca da reconciliação passa pelo arrependimento e perdão... sem falar que ninguém é culpado da sua inesperada volta...!

Isso está provocando uma verdadeira avalanche de emoções... as pobres almas já forão afligidas no passado... Imagine como elas estão agora, com toda essa avalanche de sentimentos...!

Parece ser algo simples, mas não é! A mente tem que processar os eventos com maturidade, para depois tomar uma decisão de forma madura...!

É verdadeira a esperança de que você possa ter mudado para assim refazer à vida em família... mas jamais decepcione outra vez quem tanto lhe amou nesta vida... jamais repita os mesmos erros, a vida pune...!

A paciência é longânima, mas dói o coração atingido... o amor perdoa, mas as dores mudam o semblante... por favor, transforme a sua vida e a vida de quem lhe ama.

3 comentários:

Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo, as vezes os sentimentos são tantos e tão confusos e contraditórios que a mente não os processa muito bem, rsrs lindo texto! Ótimo domingo! Abraços

Elzinha disse...

Lindo texto, amigo!!

Realmente, sentimentos são frágeis como cristal...

Um beijo

Elzinha disse...

Lindo texto, amigo!!

Realmente, sentimentos são frágeis como cristal...

Um beijo