quarta-feira, 13 de março de 2013

Provocações - Poesia Minimalista


O derramar das lágrimas
Mexe com todo meu interior
Provocações da vida
Que me atiçam sem pudor

Nos meus devaneios
Vou à loucura só de pensar
Como será quando eu voltar
Realidades disfarçadas
Ilusões guardadas

5 comentários:

Aparecida Ramos disse...

Hum....... Versos inspirados e tão belos como toda poesia nascida do teu coração e das tuas mãos! Parabéns, mestre e menino poeta! Lembro de já ter comentado no Recanto rs. Boa noite! Bons sonhos! E um despertar de paz! Beijos, ternura e poesia! Isis...

Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo, as vezes chorar é muito bom, lava a alma literalmente! Abraçosss

Sónia M. disse...

Quando a lágrima escorre,
tudo em nós se esgarra...


Muito belo!

Deixo um beijo

Sónia

Lu Nogfer disse...

O derramar das lágrimas mexe com todo o interior...e por vezes é só um desabafo purificante.

PS:
Amigo, hoje estou passando especilmante para agradecer o carinho de sua amizade e deixar um tchauzinho pois vou me ausentar da nossa querida blogosfera mas a saudade me fará passar por aqui qdo houver tempo.

Beijos com carinho.

Line Pérola ♫ disse...

Olá Djalma! Boa Noite!
Ah... as provocações... Provocações da vida que provam os sentimentos que movem o nosso ser, que emocionam, que arrepiam e movimentam.... Que atiçam os desejos em que muitas vezes são preferíveis se calar, mas serem expostas em poesias.

Paz e Luz ao seu coração!
Abraço Forte! :D