domingo, 21 de abril de 2013

Loucura Dos Sonhos - Poesia

Provoca-me sensações ternas,
Arrepia os meus cabelos...
Você nunca me deixa quieto,
Levando-me a suores profundos!

Seu tesão aflora loucamente,
No meu sexo rígido e sagaz!
Perco-me entre toques e malícias,
Nesse romance proibido que me apraz!

Toda noite isso se repete,
Na loucura dos meus sonhos!
Menina não proíba que eu flerte,
Seus são os meus momentos!

Não credito na utopia dessa imaginação,
Prefiro entender ser questão de tempo.
Eu tenho por você muita excitação,
Aproveite enquanto ainda há tempo!

5 comentários:

Nal Pontes disse...

Vim aqui agradecer sua doce visita e o comentário que deixou. Lindo o seu blog. Cheio e poesias. Parabéns e muito sucesso aqui. Fique na paz do Senhor Jesus. Estou seguindo aqui. Espero vê-lo Tmb no meu outro blog.

Aleatoriamente disse...

Olá Djalma !
Um poema com muita intensidade.
Passando para um beijinho.

Kellen Bittencourt disse...

Oii amigo, bem caliente o poema de hj rsr abraçosss e uma ótima semana!

fus disse...

Me ha gustado tu poema, me quedo con estos versos:

"No hay crédito en este imaginación utopía
Prefiero entender que ser una cuestión de tiempo.
Tengo para ti un montón de emoción,
Disfrútalo mientras todavía hay tiempo!


Un abrazo

fus

Ateliê Tribo de Judá disse...

Uma loucura de fato...com quem amamos a mais linda e doce loucura.

Beijos
Joelma