sexta-feira, 10 de maio de 2013

Verdades e “Verdades” Sobre Jesus - Mensagem de Texto


Estamos vivendo um momento de crise moral onde não se aceita mais os bons costumes, aqueles aprendidos e repassados pelos nossos pais para nós. Os maus estão tentando calar os bons e o tiro de misericórdia está em desqualificar a pessoa de Jesus como o Cristo (Messias), que todos nós conhecemos. A desmoralização da fé ocorre através do contraditório que tentam colocar na mente das pessoas para afastá-las em definitivo de Deus.

Alguns historiadores e arqueólogos estão trazendo a tona um Jesus bem humano sem os atributos divinos dados pelo Pai. Alegam por não conseguirem crer nas verdades de seus milagres, que tudo não passa de um mito. Daí nasceu o “Jesus histórico”.

Durante todo esse tempo eles buscaram e não conseguiram fatos que venham sustentar os seus pensamentos contrários à fé religiosa, não conseguiram reunir indícios materiais e nem sei se haverá algum que os levarão ao homem Jesus. Estudaram o crânio de um determinado cidadão judeu da época para desmitificar o Jesus de estilo europeu que conhecemos dos quadros renascentistas.

Afirmaram que João Batista era mais popular do que Jesus, especularam que Jesus talvez tenha tido um caso com Maria Madalena e que a sua morte não teve a comoção generalizada como vemos atualmente, passando de forma quase despercebida, encerrando assim a sua passagem na terra. Para eles o que passa disso não é história.

Mesmo que pareçam inofensivos e até interessante esses estudos afrontam o povo de Deus, pelo simples fato de não afirmarem quase nada do que estudaram, e ainda por cima, eles colocam dúvidas na cabeça dos cristãos. Esquecem que pessoas deram a vida pelos feitos de Jesus, e até hoje a igreja sobrevive por causa desses feitos.

Dificilmente uma mentira persistiria tanto tempo, e se os textos cristãos não são confiáveis para eles, os textos não-cristãos podem ser de autenticidade duvidosa ou ser somente um eco do próprio discurso cristão.

Não aceitam que Jesus durante o seu ministério operou vários milagres mostrando o seu poder sobre tudo. Não aceitam que Jesus ressuscitou, algo que a história jamais conseguirá provar, assim como os seus milagres e grandes feitos. Mas essas coisas foram testemunhadas pelos seus contemporâneos, porém todos já morreram, mas deixaram publicações (a bíblia) para posteridade que somos nós.

Contudo, sabemos que os historiadores e arqueólogos criam suas teorias a partir de um pedaço de barro, uma ossada ou metal, mas não dão o crédito necessário à bíblia que se autocomprova para classificar esses casos específicos (Os milagres) como mito para se autojustificarem.

3 comentários:

Lucinalva disse...

Olá Djalma

Texto muito enriquecedor, realmente a sociedade tenta passar uma imagem distorcida de Jesus, mas graças a Deus a igreja caminha crendo que Ele é a verdade, o caminho e a vida. Bjs amigo.

Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo, muito bacana seu texto, hoje em dia querem modernizar tudo até a figura sagrada de Jesus, acho que alguns valores devem ser preservados, principalmente qdo envolve o nome de Deus! Abraçosss

Aparecida Ramos disse...

Os que assim procedem não estão "paramentados" pelo Espírito para merecer credibilidade. Infelizmente... muita gente acredita em tudo que ouve, sem questionar, principalmente também por desconhecer as verdades Bíblicas. Parabéns, querido! Sua luz continua a iluminar através de Textos sábios e perfeitos além de pertinentes! Boa noite! Beijos e felicidades!!!